atendimento@clinicapsicossoma.com.br

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Alimentação na TPM (período pré-menstrual)


A Tensão pré-menstrual - TPM, é um mal que atinge muitas mulheres, é causada pela variação hormonal que interfere no Sistema Nervoso Central e ocorre por volta de 10 dias antes do início do ciclo menstrual.
A TPM é caracterizada por um conjunto de sintomas físicos, emocionais e comportamentais causando desconforto nas mulheres. Uma alimentação adequada ajuda a diminuir os seus sintomas.

Sugiro ingerir alimentos ricos em magnésio como o figo, aveia, beterraba, alcachofra, quiabo, abacate e banana nos dias que antecedem e durante a menstruação. Beber bastante água, para evitar a retenção de líquidos. Prefira carboidratos complexos 9 arroz integral, macarrão integral, biscoitos e torradas integrais. Cuidado com açúcar, mel e geleia é bom evitar!!

Consumir alimentos ricos em ômega 3 ( salmão, atum, sardinha,semente de linhaça e óleo de canola. Não se esqueça de incluir azeite na sua alimentação. Consumir alimentos ricos em cálcio, leite sem lactose e derivados como iogurtes, coalhada, queijo branco 3 vezes por dia. ingerir diariamente castanha do Pará, ou de  caju, nozes,  amêndoas,  pistache ou avelã (1 porção por dia). De modo geral consumir fibras, verduras, legumes e leguminosas diariamente, fazer uma atividade física, incluir derivados de soja ( tofu e leite de soja ), tomar 1 copo de suco de uva roxa uma vez ao dia e  evitar embutidos como salsichas, mortadela, salame, presunto, enlatados e condimentos, molho inglês  e caldo de carne.  Essas são minhas orientações de alimentação mais adequada no período de TPM, que podem auxiliá-la no seu mal estar.

Por: Sonia Carnicelli Felipe da Silva – Nutricionista - CRN: 20755http://www.clinicapsicossoma.com.br/index.php

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Nutrição: Como diminuir a vontade de comer doces



O açúcar vicia, ele ativa a produção de opiáceos naturais do cérebro, substâncias relacionadas com o surgimento dos vícios.
Quanto mais açúcar consumimos, mais desejamos comer doces, e o contrário também é verdadeiro.
Mudando seus hábitos, diminuindo a ingestão de doces, seu paladar se modifica, fazendo com que se precise cada vez menos de doces.

Alguns fatores que levam ao consumo de doces
Fator Emocional (tristeza, raiva, nervosismo).
Deficiência de Nutrientes (ácido fólico, magnésio, Vit. B 12, zinco, e B 6, pode aumentar o desejo em comer doces )
Falta de Cromo (mineral que potencializa a ação da insulina, fazendo com que esse hormônio retire glicose da corrente sanguínea) Quando os níveis de insulina estão desregulados, nosso corpo entende que falta energia para as células e envia uma mensagem de fome para nosso cérebro. (pimenta malagueta, pão de trigo integral, carne vermelha, batata, cenoura, gérmen de trigo, maçã, banana são alimentos ricos em cromo).
Resistência à Insulina (uma alimentação balanceada em carboidratos refinados, aqueles pobres em fibras) e pobres em nutrientes, podem causar resistência ao hormônio. Quando isso ocorre, as células não recebem a energia para funcionarem. Mesmo depois de comer e o corpo estar repleto de açúcar, o cérebro recebe uma mensagem que não há energia suficiente, fazendo a pessoa comer doces.
Fome (ficar muitas horas sem comer, levam o nível de açúcar para baixo, deixando o corpo desesperado por energia, então precisa de açúcar).
Estresse (o corpo reage ao estresse, liberando cortisol, que causa alteração nos níveis de glicose no sangue, necessitando do doce).
Dieta com pouca ingestão de carboidrato (a fonte principal de energia é o carboidrato, e quando há falta, aumenta a vontade de comer doces).

Algumas dicas que ajudam a diminuir ânsia por doces
Não desconte suas mágoas no pote de sorvete
Diminua os doces aos poucos
Não pule o café da manhã
Substitua o doce por uma fruta
Diminua o consumo de sal (o uso do sódio altera o paladar e deixa o corpo desesperado por um pedaço de doce)
Consuma alimentos ricos em fibra (tem efeito estabilizador dos níveis de açúcar no sangue)
Seguir uma dieta com baixo índice glicêmico (nozes, sementes, frutas, legumes e vegetais) o alto índice glicêmico dispara os níveis de açúcar no sangue e provocam a liberação de insulina na corrente sanguínea. 

Por: Sonia Carnicelli Felipe da Silva – Nutricionista - CRN: 20755




Karoline Garcia - Nutricionista

 



http://karolinenutriblog.blogspot.com.br/2015/10/blog-post.html?showComment=1446726874735#c5025253620631393744

Karoline Nutri : Olá pessoas, sejam bem-vindas ao meu blog!Se vo...

Karoline Nutri :

Olá pessoas, sejam bem-vindas ao meu blog!
Se vo...
: Olá pessoas, sejam bem-vindas ao meu blog! Se você está em busca de dicas para novos hábitos de uma alimentação saudável você está no b...

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Novembro Azul



Após um mês de mobilização em torno do Outubro Rosa, comemorado internacionalmente para fortalecer a luta contra o câncer de mama, o CFP adere, neste mês, à campanha Novembro Azul.
A campanha visa orientar a população masculina a cuidar melhor da saúde e procurar o médico com mais frequência.
Saiba mais >> http://bit.ly/1P3uJaS

http://www.clinicapsicossoma.com.br/blog.php?id=106